Assinar do jornal impresso? Clique aqui.
Torres, RS, 26 de Abril de 2017.

Ação solidária angaria roupas, cobertores e alimentos para famílias necessitadas de Torres
Sex, 06 de Maio de 2016 20:07

 

 

 Ação começou de forma despretensiosa, num grupo de amigos no Whatsapp, mas acabou ganhando grandes proporções

 

Uma ação solidária em Torres, mais uma vez, mostra o lado bom da cidadania. Na tarde do último dia 01 demaio, um grupo de amigos esteve na praça central da Prainha com o intuito de recolher roupas de inverno, que após seriam destinadas para moradores de rua e pessoas em situação de vulnerabilidade de Torres. A iniciativa se mostrou um grande sucesso, e várias sacolas grandes de roupas, calçados, brinquedos e alimentos - além de cobertores -  foram angariados.

E o bacana é ver que toda essa rede de solidariedade iniciou com uma ideia despretensiosa, num grupo de amigos formado no aplicativo de conversação Whatsapp. "O Pedro, um amigo nosso, foi para Porto Alegre e viu aquelas pessoas embaixo da ponte, provavelmente passando frio, e decidiu fazer alguma coisa aqui em Torres. Nos unimos querendo ajudar a mudar (a situação do frio). Era para ser uma ação entre 5 e 6 guris, arrumar umas roupas entre nossos conhecidos, mas quando fomos ver tinham mais de 60 participantes no grupo do Whatsapp, pessoal até de Capão da Canoa e Xangrilá querendo ajudar", explicou Guilherme Andoli, 18 anos, um dos amigos que empreendeu a ideia. A partir daí, os amigos decidiram criar um evento no Facebook sobre a ação, ampliando ainda mais o número de participantes e doações arrecadadas. E então uma nova ideia surgiu: a realização de um sopão comunitário, que foi feito e distribuído na fria noite de sábado (30/04) entre famílias necessitadas do Bairro Guarita, reunindo dezenas de pessoas, agradecidas pelo alimento quente.

O material recolhido previamente juntou-se as doações efetuadas na Prainha. Algumas das doações já foram destinadas para famílias em situação de vulnerabilidade (principalmente no Bairro Guarita), e também devem ser encaminhadas para  instituições sociais como o lar dos Velhinhos. E segundo Guilherme e Pedro (o idealizador da iniciativa) essa rede de solidariedade entre os amigos deve continuar durante o inverno, se somando a outras belas ações de cidadãos de Torres numa verdadeira 'corrente do bem'.

 

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner