Assinar do jornal impresso? Clique aqui.
Torres, RS, 30 de Abril de 2017.

Já são conhecidos alguns dos condutores de Torres para o revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016
Seg, 13 de Junho de 2016 17:09



Por Guile Rocha
_________________

Já foram definidas algumas das pessoas que carregarão a tocha olímpica durante sua passagem por Torres e região.
  Nomes como o da fisioterapeuta Rita de Cássia Jaeger, do corretor de seguros José Alberto Braga, do funcionário público Alexandre Martins e do recreacionista Cláudio Freitas já foram confirmados no revezamento da tocha Rio 2016. O importante ato simbólico ocorrerá em Torres no dia 09 de julho, e promete pompas turísticas e ampla participação popular.
O jornal A FOLHA contatou o Diretor de Esportes da Prefeitura de Torres, Rafael Silveira, para obter mais informações sobre os condutores e sobre a passagem da tocha olímpica pela cidade. "Serão no total 25 condutores de Torres (e região). Cada um destes carregará a tocha por 200m,  num percurso que, aqui em Torres, será de 5 km - tendo como ponto de partida o Parque da Guarita e a Av Castelo Branco como ponto final", indicou o Diretor de Esportes da prefeitura.
Ele ressalta ainda que, entre as pessoas agraciadas para o honroso ato, há 21 nomes que serão escolhidos pelos patrocinadores oficiais do revezamento (Bradesco, Coca-Cola e Nissan) e outros 4 nomes definidos pelo Comitê Olímpico Rio 2016 em Torres. "Os nomes indicados pelo Comissão do Comitê Rio 2016 em Torres já foram definidos, mas ainda não podem ser divulgados por questões midiáticas. Os outros 21 condutores (escolhidos pelos patrocinadores) não necessariamente carregarão a Tocha em Torres. A relação completa e oficial dos condutores da tocha olímpica na cidade (e o seu itinerário) devem ser divulgados cerca de 15 dias antes do ato em si", explicou Rafael Silveira.

 

Envolvendo o país (e Torres) no clima das Olimpíadas


Ao longo de 95 dias, 12 mil pessoas participam do revezamento da Tocha Rio 2016. Elas têm a missão de conduzir a chama Olímpica pelos diferentes estados do Brasil, envolvendo todo país no clima dos Jogos. Vale lembrar a parada final da chama é a cerimônia de abertura, no Maracanã, onde a pira Olímpica é acesa, dando início aos Jogos.O que os 12 mil condutores têm em comum? São pessoas que fazem a diferença, seja no esporte ou em suas comunidades. Eles foram selecionados a partir de quatro campanhas diferentes, promovidas pela comissão do Comitê Rio 2016 e pela Coca-Cola, Nissan e Bradesco, patrocinadores oficiais do revezamento.
Torres será a última cidade gaúcha por onde a Tocha Olímpica passará. A partir daqui, a chama passará a ser conduzida em terras catarinenses - primeiramente Sombrio e Criciúma, no extremo sul de SC. "É muito importante o fato de sermos a última cidade do RS a receber a tocha, ponto de fronteira estadual. Estima-se que mais de 4 milhões de pessoas devam estar assistindo este importante ato simbólico, e estamos preparando um grande evento para Torres - com balões voando no céu e a integração de comunidades e escolas durante o itinerário da tocha", indicou o Diretor de Esportes da prefeitura de Torres, Rafael Silveira.
E no dia 31 de maio, na sede da Procergs em Porto Alegre, aconteceu mais uma reunião para tratar de assuntos pertinentes a organização e segurança para a passagem da Tocha Olímpica por Torres.  Estiveram presentes na reunião representando o município de Torres, o diretor de Esportes Rafael Silveira, diretor de Gestão Integrada e Segurança Pública (DGISP) Daniel Lobão, diretor de Trânsito Marcone Minotto, delegado da Polícia Civil Celso Alan Jaeger, e o capitão Jeferson Rolim do 2º BPAT Litoral Norte.

 

 

Depoimentos de um dos condutores da tocha

 
"Desde que fui selecionado pela Coca Cola até receber a mensagem final através do Luciano Huck de que eu seria um dos condutores da Tocha Olímpica, cada dia é uma emoção diferente. Estou fazendo muitos amigos virtuais devido ao fato, pois somos 12 mil condutores. E assim tenho acompanhado pelos grupos toda trajetória da Tocha desde que saiu da Grécia. Fui escolhido por ter feito uma homenagem, no meu bloco de carnaval, ás vítimas da boate KISS de Santa Maria.
Hoje, minha expectativa de conduzir a tocha é de pura adrenalina, pois sempre estive envolvido com esportes. Coordenei o time Torres Volei durante três anos, onde participamos de várias competições representando Torres.  Quanto ao significado da Tocha, e o sentimento de fazer parte desse grupo que irá conduzir, é uma sensação única e com certeza o reconhecimento de tentar ser uma pessoa do bem.  Quando soube, através da Coca Cola, sinceramente me emocionei. Pois passará pela minha mão, e terei pra sempre comigo, o símbolo daquele fogo puro, criado a partir do sol da Grécia com a bênção das divindades gregas, corre o mundo unindo os povos e ligando as nações em nome da paz e do esporte.
Sinceramente só tenho a agradecer a oportunidade e desejar que 09/07/2016 seja um lindo dia para uma linda festa em Torres".

  Alexandre Martins, desportista e condutor da tocha olímpica Rio 2016

 

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner