Assinar do jornal impresso? Clique aqui.
Torres, RS, 30 de Abril de 2017.

Conselho do Turismo apoia campanha de prevenção ao som alto
Qua, 19 de Abril de 2017 15:35

 


 

.

O som alto dos veículos automotivos é considerado um “espanta turista” por muitos empreendedores da rede de hotelaria e gastronomia de Torres por perturbar o sossego das pessoas. Assim, a campanha contra o abuso de som alto nas ruas, deflagrada pela Associação dos Moradores do Entorno da Praça Claudino Nunes Pereira, da Praia Grande, de Torres, recebeu o apoio do presidente do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), Ataualpa Lummertz.

 

Segundo ele, o turismo é a principal atividade do município, representando praticamente 50% da economia local, sendo importante preservar as belezas naturais e fazer com que a cidade seja agradável aos turistas, bem como para os veranistas e moradores. Ataualpa destaca que muitas pessoas vêm para Torres em busca de tranquilidade e qualidade de vida. Desta forma, reconhece a importância da campanha de prevenção do som alto, por ser prejudicial à saúde coletiva e por atingir o segmento turístico, interferindo diretamente na economia local.

 

O presidente do COMTUR alerta que o comportamento dos condutores de automóveis que abusam do som alto também impacta negativamente o mercado de trabalho. Muitos jovens aproveitam as ofertas de trabalho do período de veraneio para prover recursos para a baixa temporada, principalmente para pagar os seus estudos, e com menos turistas na cidade são gerados menos empregos, ressalta.

 

SOBRE O COMTUR 

.

O Conselho Municipal de Turismo é uma instância existente por força do Plano Nacional de Turismo, do Ministério do Turismo. Ele é constituído por integrantes das Secretarias Municipais de Desporto e Turismo, Meio Ambiente, Coordenação e Planejamento e Obras e Viação e representantes de entidades, como a FUNDEST, CDL, Sindilojas, AHRBST, ACTOR, ACIT, SAPT entre outros. As atribuições do Conselho são: aprovar o plano de desenvolvimento turístico municipal (conjunto de ações e diretrizes que visam alcançar cenários turísticos desejáveis); estabelecer prioridades para aplicação de recursos; acompanhar projetos e avaliar resultados.

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner