Vereador pede atenção ao meio ambiente da Praia da Cal e mais árvores em Torres

Manifestações foram feitas pelo vereador Rogerinho na segunda-feira (05), durante sessão da Câmara Municipal de Torres

Praia da Cal, em Torres (FOTO - Guile Rocha / A FOLHA)
9 de fevereiro de 2024

A sujeira da água e da areia da Praia da Cal foi assunto trazido pelo Vereador Rogerinho na última sessão da Câmara Municipal de Torres. Nas últimas semanas, a água desta praia foi considerada imprópria para banho pela FEPAM, segundo Rogerinho devido

Falhas no esgoto da Corsan, que vazou para o mar. Rogerinho também pede que as pessoas recolham seus lixos, pois a areia da praia da Cal está cheia de bitucas de cigarro, canudos, copos plásticos, sacolas, embalagens de picolés e os mais variados tipos de lixo, inclusive caliças de obra.

O Vereador evidenciou que a Praia da Cal é um lugar turístico muito importante para a cidade de Torres, com alta visitação e hoje está em triste situação. Ele sugere que seja criada uma estratégia para contenção em caso de vazamento de esgoto que o impossibilite de chegar a praia e sim seja contido antes, para evitar reincidência da poluição da praia.

 

Pedido por mais árvores

Árvore as margens da Lagoa do Violão (FOTO por Juarez Espíndola)

 

Além disso, na mesma sessão o Vereador Rogerinho pediu ao poder executivo que seja feito uma campanha para que sejam plantadas mais árvores na cidade de Torres. Ele salienta a importância da escolha do tipo de árvore a ser plantada nas calçadas, nos canteiros centrais, nas praças, para que o tipo de raiz não danifique a estrutura dos calçamentos nem das redes de esgoto.

Rogerinho citou que, além do benefício das sombras e ar puro que proporcionam, as árvores também embelezam a cidade. “Na ausência delas, o que se encontra apenas é sombra de prédios e marquises, o que não se compara com a sombra natural de uma árvore”. (EDITADO – com informações de Gabinete – Vereador Rogerinho)


Publicado em: Política






Veja Também





Links Patrocinados