Assinar do jornal impresso? Clique aqui.
Torres, RS, 30 de Abril de 2017.

SAÚDE BUCAL: prevenção é o melhor remédio
Ter, 25 de Outubro de 2016 13:24

 

  

Apesar da melhora na saúde odontológica do brasileiro nos últimos anos, o cenário ainda é preocupante


Por Maiara Raupp

__________________

Nesta terça-feira, 25 de outubro, celebra-se o Dia Nacional da Saúde Bucal, no entanto o cenário da saúde odontológica dos brasileiros não tem motivos a comemorar. Apesar dos sinais de melhora, a saúde bucal da população brasileira ainda é preocupante. Pesquisas do Ministério da Saúde apontam que no Brasil bebês de 18 a 36 meses já têm em média um dente cariado, além de 60% a 90% das crianças em fase escolar. Quanto aos idosos, há 3 milhões de pessoas, entre 65 e 74 anos, que necessitam de prótese total ou pelo menos em um dos maxilares.
Embora atualmente existam políticas públicas voltadas para a saúde bucal e tratamentos gratuitos oferecidos por todo país, via universidades e Sistema Único de Saúde,  ainda faltam ações preventivas da população. “O maior problema é que as pessoas têm o hábito de visitar o dentista só quando têm dor ou quando um problema já está instalado. A prevenção é o melhor caminho para afastar as doenças bucais”, alertou a dentista Gabriela Corrêa.

A especialista chamou atenção ainda para a importância de ter uma boca saudável. “Ter uma boca saudável é muito importante, não só pela aparência, mas para a saúde como um todo. Problemas nos dentes e falta deles interfere na mastigação e pode prejudicar a absorção de nutrientes ao nosso organismo, bem como comprometer a fala e a estética, afetando diretamente na autoestima. Além disso, diversas doenças sistêmicas como, por exemplo, a endocardite bacteriana, pode ter origem em infecções dentais”, afirmou ela, citando ainda algumas formas de manter uma boa saúde bucal. “Para ter uma boca saudável é essencial manter alguns cuidados como escovar os dentes corretamente, após cada refeição e antes de dormir, utilizar fio dental e creme dental com flúor, ter uma alimentação saudável controlando a ingestão de alimentos doces, e visitar regularmente o dentista”, concluiu Gabriela. 


Ulbra Torres presta atendimento bucal à comunidade

Preocupada com a saúde bucal da comunidade torrense, a Ulbra Torres presta atendimento odontológico com preços reduzidos. Conforme informações do coordenador do curso de Odontologia na ULBRA Torres, professor Ricardo Pinho, atualmente a clínica realiza em torno de 6.300 consultas por semestre, executando em torno de 2000 procedimentos odontológicos. “Hoje o curso de odontologia da Ulbra Torres oferece procedimentos restauradores, tratamentos endodônticos (de canal), próteses totais e parciais (substitui os dentes faltantes), atendimento para crianças, orientações de saúde da boca, limpezas, alguns tipos de aparelhos ortodônticos (para corrigir posições incorretas), extrações dentárias simples e de complexidade moderada, biópsia e diagnóstico de lesões e radiografias intrabucais. A faculdade funciona com horários previamente agendados e para obter uma consulta, que orientará o paciente nos caminhos a serem percorridos para a obtenção plena da saúde bucal, basta agendar no setor de agendamentos (3626-2000 ramal 158)”, informou o professor.

A Clínica Odontológica da Ulbra Torres é um espaço para a prática plena de odontologia, onde os acadêmicos executam procedimentos aprendidos em sala de aula e reforçados em laboratórios, sob orientação direta de professores que se responsabilizam pelos tratamentos planejados e executados neste espaço. “Este serviço beneficia a todas as pessoas que procuram o atendimento e se encaixam no perfil de paciente para a graduação. Neste perfil, estão pessoas que buscam tratamentos e prevenção de saúde”, concluiu Ricardo.
 

Cuidados diários que não se deve abrir mão para manter uma boa saúde bucal

 

  • ·         Adquira um kit com escova, creme e fio dental. É recomendável substituir a escova a cada três meses ou quando as cerdas começarem a entortar;
  • ·         Opte pelos produtos de higiene bucal com flúor e só use enxaguante bucal com indicação do seu dentista;
  • ·         Economize no creme dental. A quantidade recomendada por escovação equivale a um grão de ervilha;
  • ·         Escove os dentes e use o fio dental sempre após as refeições. É importante que a escovação seja delicada, não escove o dente com força;
  • ·         Escove a língua todos os dias com a própria escova ou com limpadores de plástico indicados para essa função;
  • ·         Redobre a atenção na higienização noturna para garantir que os dentes estejam sem resíduos de alimentos antes de dormir;

 

Não espere ter um problema para visitar o dentista

 

  • ·          Mesmo sem dor, sangramento ou nenhum sinal anormal nos dentes, marque uma consulta hoje mesmo ao dentista;
  • ·          Visite um profissional da saúde bucal pelo menos duas vezes por ano.

 

Estimule as crianças a criarem bons hábitos 

  • ·         Os pequenos se espelham nos pais, então nada melhor do que dar um bom exemplo.  Na hora de escovar os dentes, convide seu filho para que ele adquira o habito de higienizar a boquinha;
  • ·         Explique o porquê à escovação é importante;
  • ·         Mostre para a criança que comer e ficar sem escovar os dentes vai estimular o aparecimento de bichinhos;
  • ·         “Escove” os dentes dos brinquedos e ursinhos de pelúcia para se aproximar do universo lúdico do pequeno;
  • ·         Crie o ambiente adequado no banheiro. Coloque um banquinho na altura da pia ou um copo de água para ajudar no bochecho;
  • ·         Agende uma visita com um odontopediatra, especialista no atendimento infantil. Ele vai cuidar da saúde bucal do pequeno, mesmo se ainda for bebê.
  •  

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner